terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

ás vezes tenho saudades tuas...
não és mais a minha melhor amiga, muito menos minha amiga mas se tu ligasses a qualquer hora a pedir-me alguma coisas acredita que o faria. mas eu odeio-te. e como sempre disse, só odiamos quem já foi uma parte de nós, quem ainda segura um pedaçinho do nosso coração e é por isso que te odeio.
odeio-te pela forma que as coisas se sucederam, odeio-te pelas coisas que ficaram por dizer e que já nem sei quais coisas eram essas, odeio-te pelas razões e pelas não-razões pela quais nós nos deixamos de falar e odeio-te ainda mais por teres escolhido alguém para o centro do teu mundo e te teres esquecido que eu estava numa órbita em volta do teu mundo também.
odeio-te tanto e o pior é que já não quero saber. sou tão fria agora que irias ficar surpreendida, não que eu não o fosse antes mas agora rebenta todas a escalas.
odeio-te por não ocupares nenhuma parte da minha vida agora, por não seres ninguém quando antes eras o meu único alguém.
ás vezes tenho saudades tuas mas odeio-te agora, por isso não te digo.

1 comentário:

  1. O orgulho, por vezes é o nosso pior inimigo.

    beijinho Isabel <3

    ResponderEliminar