quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Acho que quero mais. Sabem, mais? Quero mas no entanto, não sei se quero a bagagem que isso trás. Quero mais e não quero. 


1 comentário:

  1. Não temas a bagagem, se a sua etiqueta preservar o teu nome, como testamento da integridade da tua Identidade individua, apesar da Viagem ser feita em conjunto.

    Beijo Isa

    ResponderEliminar